Saiba como funciona o consórcio de imóveis

O consórcio de imóveis pode ser mais vantajoso que um financiamento imobiliário, já que em grande partes dos casos seu custo é inferior ao pago nos empréstimos bancários.

Ele vem se mostrando atualmente como a melhor alternativa para aquelas pessoas que desejam realizar reformas, ou ampliar construções em imóvel próprio.

É muito procurado também por pessoas que já são proprietárias de algum imóvel não quitado e deseja sanar a dívida com a instituição financeira.

Nesse post vamos esclarecer melhor como funciona os consórcios de imóveis e também apontar os cuidados que devem ser tomados ao adquirir uma cota, confira!

Como funciona?

Quando um consorciado adquire a cota de consórcio, ele passa a fazer parte de um grupo com a finalidade de formar uma espécie de poupança, que é destinada à compra de imóveis, através de autofinanciamento.

Todos os participantes efetuam contribuições mensais que são feitas através do pagamento de prestações, que são calculadas de acordo com o valor do crédito que foi contratado.

Mensalmente é feito o sorteio para a contemplação, por meio do qual todos os participantes concorrem em igualdade de condições.

Esses participantes podem ofertar lances para conseguir antecipar a contemplação do consórcio e ter a carta de crédito liberada.

O consórcio também pode utilizar seu FGTS para fazer os lances ou para complementar o valor da sua carta de crédito.
Desde que seja observada as normas do Sistema Financeiro de Habitação (SFH).

Alguns cuidados que devem ser tomados

É preciso tomar alguns cuidados antes de escolher a administradora do grupo do consórcio, o principal cuidado nesse sentido, é se certificar de que a administradora do consórcio está registrada no Banco Central do Brasil.

Isso porque o Banco Central fiscaliza as atividades das instituições registradas, o que evitará que você participe de consórcios inexistentes ou fraudulentos.

E o Banco Central ainda fornece ao consumidor um ranking das administradoras de consórcio, que as posiciona de acordo com o número de reclamações solucionadas e perguntas frequentes respondidas.

Por fim, é importante também verificar a existência ou a quantidade de reclamações existentes em relação à administradora no site do Procon, ou em outros sites especializados nesse tipo de serviço para que você tenha um parâmetro na hora de escolher com qual empresa contratar o consórcio.

Gostou do nosso conteúdo? então acesse: www.uniaoinvest.com.br